Comece a trabalhar no seu corpo hoje! Entre em contato!

Dietas da Moda: Até que ponto é Dieta Saudável

Por trás de dicas e receitas de dieta sem acompanhamento profissional – às vezes uma mais inusitada que a outra – está uma indústria que se aproveita dos padrões de beleza impostos na sociedade. Mas até que ponto a dieta é realmente saudável? São tantas provenientes dessa “indústria milagrosa da dieta” que algumas até parecem ter credibilidade, ficam famosas entre celebridades e anônimos, mas a última preocupação é a saúde.

“As dietas mais famosas são aquelas que prometem um verdadeiro milagre. Emagrecimento rápido é o foco independente das consequências. Para quem não deseja ser enganado pela informação sedutora, mas nem sempre confiável sobre nutrição, é preciso saber que nenhum alimento sozinho faz milagre. Cada um tem suas qualidades e é necessário que haja harmonia entre eles”, explica a nutricionista Suely Iglesias. Ainda de acordo com Iglesias, para perder peso de modo adequado, progressivo, gradual e saudável é preciso poupar o organismo de manobras radicais que certamente trarão prejuízos orgânicos. “Dietas pobres em carboidratos, dietas sem gorduras, dieta da sopa, dieta do abacaxi, dieta da lua são alternativas que em geral sobrecarregam o sistema renal, causam deficiência de vitaminas e minerais, prisão de ventre, fraqueza e desidratação”, explicou.

Iglesias afirma ainda que as dietas extremamente restritivas não são uma boa escolha, pois nosso organismo passa por um estado de privação de nutrientes, além, claro, da adesão a esse tipo de dieta ter mais chance de ser temporária. “E não adianta fazer uma dieta extremamente restritiva durante cinco dias e no final de semana comer de tudo e mais um pouco. O bom senso e o equilíbrio é o caminho mais adequado. Uma pessoa que faz dieta para perder peso pode ingerir um doce no final de semana como sobremesa em uma das refeições, porém devemos lembrar que esse doce contém calorias. Um hambúrguer pode substituir um lanche uma vez na semana, mas é uma vez na semana”, pondera.

O grande perigo das dietas desequilibradas é, segundo Iglesias, a carência nutricional. Isto é, a pessoa escolhe um pequeno grupo alimentar e alimenta-se dele durante 15, 30 dias esperando um bom resultado, que na maioria das vezes é até alcançado, mas às custas do empobrecimento nutricional do organismo.

Por fim, a nutricionista Suely Iglesias listou sete dicas:

  • Esqueça essas dietas da moda.
  • Diminua o consumo de industrializados.
  • Priorize a mudança no padrão alimentar, troque os produtos refinados por integrais, aumente o de frutas, verduras e legumes. E não se esqueça de se hidratar bastante, a água é essencial para o equilíbrio orgânico.
  • Cada pessoa possui a sua individualidade bioquímica, portanto a dieta deverá ser individualizada. Dicas de dietas e alimentação saudável por profissionais não nutricionistas, como fazem algumas celebridades e artistas nas redes sociais, é uma prática bastante perigosa.
  • Uma dieta de um atleta não é adequada para um desportista. Uma dieta de um jovem pode não ser a mais adequada para um adulto ou idoso.
  • O único profissional habilitado para a prescrição dietética é o profissional nutricionista. Educadores físicos não estão habilitados a prescrever dietas nem suplementos, assim como também não é de atribuição médica a prescrição de dietas.
  • Em caso de dúvidas procure um nutricionista.

http://portalorio.com.br/2015/04/dieta-ate-que-ponto-e-saudável/

Artigos recomendados

Cálcio

O cálcio é um mineral que desempenha um papel fundamental no nosso organismo, ele é um dos principais componentes do tecido ósseo responsável pela construção

Continue lendo »

Copyright 2019 © Suely Iglesias Nutricionista

Desenvolvido por: